quarta-feira, janeiro 10, 2007

URIEL ANIVERSARIANTE CONTA SUA HISTÓRIA.


Eu Sou a Uriel tô fazendo aniversário, 9 aninhos.
Logo pela manhã minha mama me encheu de beijos gotoso...hummm e cantou parabéns pra mim, pegou minhas patinhas e as batia cantando: "parabéns pra você..., eu gosto muito desta musiquinha, eu fiquei bem quietinha ouvindo ela cantar.

Minha mama falou um montão de coisas legais pra mim: que eu tivesse muita saúde, que nunca faltasse ração no meu pratinho e também rezou por todossss gatinhos do mundo, principalmente aqueles que não tem uma família.

Tias é muito triste ser um gatinho (a) abandonado, eu bem sei disso, porque eu já fui uma dessas. Há nove anos atrás minha mama foi almoçar com um amigo dela para comemorar o aniversário dele, era um sábado chuvoso, quando ela saiu do restaurante ouviu um miado, mas o amigo dela dizia que era imaginaçào dela, então ela prestou atenção e ouviu novamente um miado fraquinhooo, então ela atravessou a rua e começou a procurar por mim e nada...., então ela se abaixou e me viu encolhidinha embaixo do carro, tentou me pegar, mas fiquei tão assustada com ela que me encolhi toda.

Ai ela entrou embaixo do carro e me pegou que medoooo, pensei que ia apanhar.
Eu ouvi ela gritar pro amigo dela triunfante e dizer: - não disse: é um gatinho.

Ela me levou pra casa, eu tava assustada , tremendo de frio e toda molhadinha, ela me deu um banho quentinho fiquei muitooo bravaaa, depois ela me secou com um negócio barulhento fiquei mais assustada ainda, mas ela ia falando comigo pra me acalmar.

Mas enquanto ela foi preparar uma mamadeira para mim, quando voltou eu tava dormindo na cestinha quentinha e gostosa que ela me colocou.

Dormi durante seis horas, quando acordei ela tentou me dar leitinho mas não quis eu ainda tava muito assustada... hahahaha... mas de repente senti cheiro de comida (patezinho)...hum que delícia comi...comi, depois dormi um montão de novo.

Quando acordei tive que enfrentar os fussss da JUM@ e do Juca, mas minha mama ficava falando com eles que eu não tinha família etc...
Tava tudo muito bom mas ouvi minha mama dizer que não podia ter mais um gato que iria arrumar alguém para ficar comigo.

Então no outro dia me arrumou toda pôs até lacinho em mim e me levou em um pet shop pra ver se alguém ficava comigo. Ela ainda não sabia se eu era menina ou menino, mas havia uma sra lá no pet que tinha muitos gatos e garantiu que eu era menino, então ela me colocou o nome de Uriel.

Uriel é o Grande Arcanjo da Terra, então ela quis homenageá-lo colocando este nome em mim. Mas hihihihi, depois ela descobriu que eu era menina, mais tudo bem continuei com o mesmo nome.

Apesar de minha mama avisar muita gente que tinha uma gatinha para doar não apareceu ninguém que valesse a pena. Assim sempre que ela saia me produzia toda e levava junto, eu morriaaa de medo.

Um dia ela foi ao supermercado e me levou para ver se aparecia alguém.... mas Tiasssss... fiquei apavorada quando ela entrou na praça Roosevelt, lá ta cheio de gatinhos abandonados.... miei, esperneei de medo...ai deus gato me socorre, quando ela viu meu pavor, me fez uma promessa: fica calma ratinha (hihihi esse é meu apelido, pois eu era bemm pequenina) se não aparecer alguém legal para adotá-la HOJE você vai morar comigo com a JUM@ e Juca vai ter uma família.

Ufa!!! que alívio fiquei calma na hora. Na verdade minha mama já tava apaixonada por mim, mas tava resistindo. Ela cumpriu sua palavra, eu sei que os humanos não são muito de cumprir promessas, mas minha mama cumpriu.

Meus irmãos fizeram muitos fussss, mas acabaram me aceitando, a JUM@ até me adotou vivia me lambendo e fazendo carinho, já o Juca demorou mais para me aceitar, mais acabou aceitando.

Minha mama diz que Eu Sou a gatinha mais carinhosa que ela tem, adoro colo, carinho e de dormir "abraçadinha" com minha mama. Tias vocês sabem que eu tenho um irmãozinho encapetado né... o Miguel Arcanjo, eu fiz muitos fusssss pra ele, mais agora de vez em quando até faço um carinho nele.

Lambidasssss e miaaaaauuusssss
Uriel



Este texto foi escrito para um grupo de gatos que pertenço, começou com Juca contando a história da sua família felina (desabafo), e assim cada um contou sua  própria história. Está neste blog também.


http://gatosamaraantara.blogspot.com/2007/09/normal-0-21-false-false-false.html

3 comentários:

Sim Ba disse...

Linda história! Emocionante. Também amo gatinhos. Tenho quatro. Todo o meu respeito pela memória da Uriel.

Marlene (Amara Antara) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marlene (Amara Antara) disse...

Obrigada!, Sim Ba. Tenho mais 5 gatos. Se foram 3 e o destino mais mais 3.